Noticias  |  Entretenimento  |  Videos  |  Pouso Alegre - Passado e Presente minha TVUAI
 Lista de Email:


 
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Loading
Policial civil conquista recorde ao pular de prédio de cabeça para baixo



Gostou ? Então vote!
A- | A | A+

O novo recordista do RankBrasil pratica a técnica vertical em corda desde 1990. Ele percorreu 47,01 metros em quatro segundos e um milésimo, durante desafio que aconteceu nos EUA

Luis Felipe de Carvalho Leal, 51 anos, mais conhecido por Felipe Leal, que é policial civil no Rio de Janeiro, entra para o RankBrasil – Recordes Brasileiros – pela mais rápida descida de cabeça na técnica vertical em corda.

Em quatro segundos e um milésimo, o recordista percorreu uma altura de 47,01 metros de cabeça para baixo. O desafio aconteceu em 6 de agosto, no prédio da Orleans Street Investment Company, situado na rua Orleans, em Beaumont, no Estado do Texas, nos Estados Unidos.

Segundo o recordista, a ideia da realização do recorde em outro país surgiu através do convite de um amigo, para fazer um treinamento na técnica vertical em corda, direcionado a policiais americanos.

Entre as dificuldades encontradas para o desafio nos EUA, Felipe Leal aponta o idioma, por ele não falar inglês, além da falta de um plano de saúde, pelo risco da atividade e ainda a necessidade de provar na prática sua capacidade na área específica, para receber apoio técnico.

Ele está orgulhoso merecidamente pelo recorde e afirma que é brasileiro de coração e alma. ´Entrar para o RankBrasil é uma honra para qualquer brasileiro que tenha um trabalho sério´, destaca.

Técnica e utilização
A técnica vertical em corda é utilizada por forças especiais do mundo inteiro, diferente do rapel, que é realizado por escaladores de montanha. No primeiro procedimento, a corda dificilmente é recuperada. No segundo caso, a corda é usada para os escaladores descerem.

Felipe Leal pratica a técnica desde 1990. Conforme o recordista, ela é importante em diversos tipos de missões, principalmente nos resgates em mar e terra: ´são barcos à deriva, remoções de cadáveres, resgates de escaladores e aventureiros´.

Dessa forma, a tarefa é finalizada mais rápido. ´São missões que levariam horas para chegar via terrestre, mas através do helicóptero, com aplicação da técnica vertical em corda, levamos segundos para salvar vidas´, completa.
Felipe Leal (terceiro à direita, abaixado) com a equipe americana que apoiou o recorde




 



    Deixe seu comentário:

 
 
 

 
          
TVUAI Network - Portal de Informações do Sul de Minas
Tel: (35) 3022-1290 - tvuai@tvuai.com.br
Copyright 2000-2011 - Todos os Direitos Reservados